A modelagem é um estudo matemático que aplica os recursos computacionais para resolver modelos físico-químicos que representam problemas ambientais reais.

A principal vantagem de se utilizar modelos computacionais desse tipo é poder testar diversas hipóteses e situações (chamadas de cenários) antes de ser tomada qualquer decisão.  Esse tipo de estudo é essencial para qualquer tomada de decisão, pois proporciona uma enorme economia de recursos materiais, esforços e principalmente tempo.

A utilização dessa ferramenta como tomada de decisão evita que danos ambientais possam ocorrer, poupando assim as empresas e o meio ambiente de processos de recuperação e remediação que podem demorar décadas para serem completamente executados.

Em casos de danos ambientais existentes, a modelagem auxilia na determinação da metodologia mais correta e eficiente para a reversão daquele dano, poupando recursos, tempo e evitando tentativas frustradas.

Em todos os aspectos, o objetivo final de qualquer modelagem é compreender o futuro de uma determinada ação e as consequências dela, permitindo que os problemas sejam solucionados antes mesmo de existirem, ou seja, trazendo o futuro para ser analisado hoje!

 

Modelagem de Dispersão de Poluentes Atmosféricos

O Estudo de Dispersão Atmosférica (EDA ou modelagem de poluentes atmosféricos) é uma simulação dos processos que governam a dispersão. A dispersão  de poluentes atmosféricos consiste basicamente em transporte, difusão e diluição desses poluentes na atmosfera.  As análises dessas questões demandam softwares específicos para calculas todas as equações físico-químicas envolvidas no processo.  Esses softwares também são chamados de modelos matemáticos, pois reproduzem um modelo de descrição da realidade. Com isso, o Estudo de Dispersão Atmosférica também é chamado de Estudo de Dispersão de Poluentes Atmosféricos, Modelagem de Poluentes Atmosféricos, Modelagem Computacional, Modelagem de Pluma de Poluentes Atmosféricos ou  Modelagem Numérica.

 

Modelagem de Propagação de Ruído

O Estudo de Propagação Sonora (EPS ou modelagem de ruído)  é uma ferramenta importante para a determinação quantitativa da propagação dos níveis de ruído provenientes de uma determinada fonte que chega aos receptores do entorno. Os resultados da modelagem de propagação sonora permite ainda, avaliar a significância dos impactos dos níveis sonoros e seu decaimento, de forma a se garantir a efetividade de uma eventual barreira acústica, considerando-se as possibilidades desta ser implantada com diversas opções de altura, localização e tipos de materiais.

.